Saiba o que é fotofobia, suas causas e qual a sua relação com doenças oculares graves.

Olhar para o céu num dia de sol forte, manter os olhos abertos durante o flash de uma foto, sair de um lugar escuro para um lugar claro. Todas essas situações levam a uma única reação: tapar os olhos.

Isso acontece devido à alta sensibilidade dos olhos à luz. Afinal, a retina é extremamente sensível e delicada. Suas células fotossensíveis são preparadas para receberem certa quantidade de luz por vez. Quando essa quantidade se exacerba, ocorre a fotofobia.

Primeiramente, vejamos a diferença entre glare (espalhamento da luz) e fotofobia.

 

O que é fotofobia?

Fotofobia é a sensação de dor à luz. Vale lembrar que a fotofobia não é uma doença, mas sim um sintoma. Pode aparecer como um sinal de uma gripe, por exemplo, ou uma reação involuntária em pessoas de olhos claros, ou, em casos mais delicados, pode ser sintoma de doenças graves, como veremos ao longo deste artigo.

 

O que é glare (espalhamento da luz)?

Glare é a entrada de muita luz no olho, diretamente pelos raios de sol ou indiretamente por espalhamento de luz em objetos como espelho ou a superfície da neve. Glare também pode aparecer por causa de doenças onde a entrada de luz dentro do olho é excessiva, como no caso de albinismo, ou em condições em que a luz, ao entrar no olho, sofre grande espalhamento, como em certos tipos de catarata.

 

Como ocorre a fotofobia?

O olho tem nervos responsáveis pela inervação e seu adequado funcionamento. Quando estes sofrem algum trauma, como lesão na córnea e na retina em casos de doenças inflamatórias, ou olho seco, tendem a ficar mais “sensíveis” à luz. Assim, qualquer estímulo adicional de luz leva à fotofobia. Estudos mostram que quanto mais crônica for a lesão ou a doença causadora da fotofobia, mais difícil será de tratá-la.

 

Todo incômodo é fotofobia?

Existem muitos níveis de fotofobia e, não raro, o incômodo pode ser apenas glare. Quando passageira e facilmente controlada, é considerada uma reação normal do corpo ao excesso de luz. Em casos de incômodo e dor intensos e persistentes, é recomendável procurar um oftalmologista para correta avaliação.

 

Quais são as causas da fotofobia?

A sensibilidade dos olhos à luz pode ser sinal de algumas doenças que serão tratadas no tópico seguinte, mas as causas são inúmeras. Quando ocorre a fotofobia, devemos levar em consideração alguns pontos:

  • Fatores genéticos (olhos claros e albinismo);
  • Astigmatismo (um dos vícios de refração que prejudicam a visão);
  • Enxaqueca (forte dor de cabeça, agravada por luzes intensas);
  • Olhos secos (falta de lubrificação dos olhos), são a principal causa;
  • Gripes (ocasiona sensibilidade dos olhos à luz);
  • Outras doenças.

 

Qual a relação do espalhamento da luz e da fotofobia com a catarata?

Quando o incômodo à luz for excessivo, o correto é procurar um oftalmologista, pois pode significar doenças como glaucoma, conjuntivite e, principalmente, catarata.

A catarata é caracterizada pela crescente opacidade do cristalino, que dificulta a visão e, geralmente, aparece em pessoas com idade avançada. Em certos tipos desta doença, um dos sintomas é o espalhamento de luz que, se for intenso, pode levar à fotofobia, juntamente com visão embaçada, visão dupla ou enxergar brilhos anormais.

Normalmente, a sensação de incômodo é aliviada com a cirurgia da catarata. Vale lembrar que, logo após a cirurgia de catarata, o olho fica inflamado. Por isso, é normal sentir fotofobia durante algumas semanas.

 

Qual o tratamento da fotofobia?

O primeiro passo para lidar com a fotofobia é tratar a causa. Em casos de catarata, a solução é a cirurgia. Inflamações e olhos secos em grau elevado são curados com anti-inflamatórios. Lubrificantes também previnem o ressecamento dos olhos e, consequentemente, a fotofobia.

 

Não melhorei da fotofobia após os tratamentos, e agora?

Em alguns casos, pode não ocorrer melhora da fotofobia com o tratamento das causas. Necessita-se, então, do uso de medicações orais como antidepressivos, pois a interação complexa entre nervos e substâncias com o sistema nervoso central ocasiona dor ao paciente, agravando o sintoma da fotofobia.

Os olhos são parte importante do nosso corpo. Portanto, é nosso dever respeitar suas limitações e cuidar de sua saúde. Utilizar óculos escuros com proteção UV, lubrificantes adequados e consultar o oftalmologista periodicamente, são cuidados que devemos ter para o nosso bem-estar.


6 Comentários em "O que é fotofobia e qual sua relação com a catarata?"
  • SIMONE FARIAS DE MELLO MANNELLI
    2 de setembro de 2019Responder

    tem algum medicamento que feche a pupila? diminuindo a entrada de luz, aliviando a fotofobia


    • Prof. Dr. Rony C. Preti
      25 de junho de 2020Responder

      Olá Simone,
      Existe sim e o nome é Pilocarpina. Contudo, nunco usamos para este fim. O correto é investigar o motivo do sintoma para assim, tratá-lo.
      Atenciosamente,


  • bartolomeu s. pinto
    8 de abril de 2021Responder

    fiz cirurgia de catarata, e fiquei com uma hipersensibilidade a claridade ( fotofobia) e o medico falou que era normal, pois este sintoma logo passaria, com o uso de alguns colírios pois faz mais de um mês do tratamento e não tive melhora alguma, o que fazer. obrigado.


    • Preti Eye Institute
      4 de maio de 2021Responder

      Olá Bartolomeu, obrigado pelo contato!
      Excelente pergunta. Após a cirurgia de catarata, cada olho tem um grau de inflamação e pode ser que o seu ainda esteja com uma pequena inflamação. Por isto, vem sentindo a fotofobia. Precisa avaliar com seu médico da continuidade do colírio anti-inflamatório, especificamente o de corticóide. Talvez, terás que usar por mais tempo.
      Atenciosamente,
      Prof. Dr. Rony C. Preti


  • Angela Silva
    23 de fevereiro de 2022Responder

    Quero saber se cataratas altera o sistema nervoso, por exemplo apresentar ansiedade e alteração da pressão arterial


  • José Arodi Fritz
    9 de maio de 2023Responder

    Tive descolamento de retina em uma cirurgia de catarata, a partir disso tenho sensibilidade a luz e solar e embasamento o que me causa certos problemas e prejuízos a visibilidade. Ainda espero por uma solução.


Deixe um comentário